1º leia a parte 1 ok 🙂

Como funçôna?

O funcionamento de um podcast é bem simples, o podcaster grava/edita/publica o material, se ele possuir patrocinadores poderá se sentir um tanto preso quanto ao seu tema principal, um podcast que trata de temas diversos não procura patrocínio, o cara faz por diversão, algo entre amigos.
O podcast feito por amigos somente, sem intensão de ter algum ganho são de tipos bem estranhos em sua maioria, não vou citar para não gerar flames, os temas entre amigos são levados para o lado subjetivo do assunto, há discussões internas sem sentido, não editadas talvez, material é bem bruto mesmo tanto no conteúdo quanto nos podcasters 🙂

Porém há exceções, gente que luta para trazer conteúdo semanalmente/quinzenalmente, o papo entre amigos por fim é seguido dentro de uma pauta, é levado mais a sério, mesmo rachando o bico durante as gravações.
Quando o podcast se torna algo mais sério é obvio que o conteúdo também deverá ser levado mais em conta, já que poderá rolar quem sabe umas moedas de ouro se fizer tudo certinho conforme contrato.

Saindo deste lado financeiro, temos o lado cultural.
Sim para você que pensa que conteúdo é só falar da atualidade, tirar uma com os fatos principais de hoje, não se esqueça que o agora já é passado e o amanhã é mistério.
Trazer cultura não é só falar do que passa naquele canal que você não assiste, cultura por definição é o conjunto de teorias e práticas referente a algo.

Quando uma pessoa cita, “vender é uma arte”, “música é uma arte”, “fazer logos é uma arte”, estas inconscientemente estão lhe dizendo que a tal atividade é um conjunto complexo de atividades e conceitos sobre tal tarefa.

Não é para tanto que temos diversos podcasts que trazem consigo informações importantes, bom humor, analogias muito bem montadas etc, alguns destes que inclusive os recomendo de coração são:

@falafreela http://falafreela.com.br/ Nada mais é do que um podcast sobre freelancers, dicas para se tornar melhor em seu caminho, muita vezes nos deparamos com situações onde estamos acostumados a falar “A chefia que resolva isso”, pois é como freelancer você é tudo, o vendedor, o atendente, o faxineiro, o contábil, o patrão, o chefe mala, o cara do café também 😉
Tratam até mesmo de questões sobre empreendedorismo. Com uma equipe bem experiente de áreas diferentes podemos enxergar soluções e prevenir problemas.

@empreendecast http://www.empreendecast.com.br/ podcast sobre coxinhas… claro que é sobre empreendedorismo, uma pena que deram uma pausa mas é uma excelente ferramenta para quem quer montar um negócio,  ouvir pessoas que tiveram sucesso nas carreira escolhida.

@anticastdesign http://www.anticast.com.br/ podcast sobre design, mas não é tão didático ou academicista, este eleva o design ao filosófico, procuram mostrar o design como ele é e não como normalmente é endeusado hoje. Muitos são designers só de formação, neste podcast encontramos repostas interessantes para questões que nem fizemos ainda, fora isso contam com um episódio extra onde fazem fofocas, se não me engano o único que elege um troll semanal.

@cafe_brasil http://www.lucianopires.com.br/cafebrasil/podcast/ este é simples, este possui uma mensagem por programa, é a luta (espero que não seja eterna) pela despocotização do Brasil. Os programa dão aquela cutucada no cérebro, todos estamos prontos para ouvir, não existe elitismo ou filosofia complicada, é tudo bem simples e bem sacado, além disso a trilha sonora é tocante.

Poderia ficar falando de muitos outros, mas vamos ao que realmente interessa.

Podcasting e a sociedade

A sociedade como sempre culpada por seus erros íntimos, levados pela emoção, por razões subjetivas.
Como sempre culpando o governo pelos erros que na verdade iniciaram com seu voto.
Voto que é de confiança, mas quando veem o erro é tarde, votam por protesto em gente patética só por causa de seu discurso cômico.

O podcasting pode-se assim dizer como um movimento  cultural da internet. Antes os fóruns uniam pessoas em um post seguido de vários comentários, alguns muito sérios outros com direito a imagens para acabar com as opiniões alheias, como um cala boca.

O podcasting em si é a evolução, é uma porta que se abre lentamente para a sociedade, algo que enfim se torna externo e até interativo em raros casos. O podcast pode ser baixado gratuitamente em sua maioria, podemos ouvir no pc, no ônibus, no banheiro, na faculdade, no hospital, em qualquer lugar em qualquer momento.
Nos antigos fóruns as pessoas só liam e podiam escolher não participar se assim quisessem, o mesmo funciona com o podcast.
Já pensou em compartilhar um podcast hoje? Já pensou que pode “rachar o bico”  no ônibus todos pensarem que é um retardã? Isso é ótimo, tentem ser felizes em qualquer lugar.

“Quem muito reclamar, muito nada fazer.”

Anúncios