Layout, usando espaço branco em ritmo

Deixe um comentário

Usar espaço branco numa publicação, cartaz, poster, ou qualquer outro veículo gráfico é um tanto complexo.
Hora pode ficar mais vazio, hora pode ficar mais cheio. Mas então qual seria uma maneira mais adequada para se usar o espaço branco?
Eu sei que temos um post sobre “Sem imagens, mais branco“, porém aqui o vídeo que lhes mostrarei é mais abrangente, profundo diria até.
John McVade nos mostra em mais um vídeo que o espaço branco é tão poderoso que o devemos usar como um ritmo e não de qualquer forma. Isso não se aplica somente ao texto que pode ser mais encorpado, mais espaçado, ou mesmo totalmente reduzido, ele deve seguir um caminho junto a sua mensagem, clique aqui para ver o vídeo.

Anúncios

Sem imagens, mais branco

1 Comentário

Essa é uma briga eterna entre designers e clientes. O espaço branco.
Quando é ensinado em qualquer curso que menos é mais, devemos pensar que só pode ter menos se mais não for necessário. Algumas publicações não podem conter imagens junto ao texto, ou a publicação é inteiramente textual. O que fazer pra não ficar maçante?
Mais espaço branco pode ser uma resposta boa, mas como deve ser aplicado?
Respondendo essa questão John McWade fez um excelente vídeo para o site lynda.com, ele explica isso e um pouco mais além.
Clique aqui e veja o vídeo direto no site, o vídeo está em inglês, mas é de fácil entendimento.

Desalinhamento cultural pt1

Deixe um comentário

Como funciona para ser mais exato.
É o desmembramento de conceitos e teorias mal formuladas que se seguem e formam além de estereótipos fatores históricos.
Nunca facilito né?

Fator histórico
Como pode ser ver tudo que vem da história por sua vez é antigo pois já é passado.
O passado nada mais é do que a história sendo contada agora.
A história nada mais é do que o conjunto de fatores contados em ordem cronológica ou não que geram o fator histórico.
Não podemos contar o Nazismo no meio da guerra de farrapos, mas podemos sim colocar uma breve analogia sobre pois todos já estamos de saco cheio da 2º guerra mundial.

Estereótipo
No YouTube tem uma meia dúzia aos centos falando sobre.
É uma ideia gerada sobre algo que vem para padronizar, assim como os EMOs, os Nerds e os Hackers são padronizados hoje.

Sendo assim vamos ao que importa, o desalinhamento das coisas.

////////////Pausa para o café/////////////

Mais

Futuro do Design

Deixe um comentário

Bora lá para mais um post/tópico interessante? Talvez.

Como já sabemos em nossa área todos estamos certos, errados, enganados, as vezes traídos pelas nossas convicções.
Após a morte de Steve Jobs publiquei um reflexo que tive referente ao que virá pela frente.
Algo como uma nova arte, um novo movimento talvez, novos conceitos liberados de acordo nossa evolução permitir.

Mais